Ícone Whatsapp

Morte expõe limites entre a busca pelo corpo perfeito e saúde física e mental

Dr. Seung Lee / Cirurgia Plástica

Morte expõe limites entre a busca pelo corpo perfeito e saúde física e mental

A mato-grossense Lilian Calixto tinha 1,80 metro de altura e, aos 46 anos, era magra e parecia linda aos olhos de amigos e parentes. “Tudo nela era perfeito”, chegou a dizer uma amiga da bancária, que desembarcou no Rio com o sonho de deixar o corpo ainda mais bonito, há uma semana, e morreu após uma sessão de bioplastia no apartamento do médico Denis Furtado, o Doutor Bumbum. O episódio traz à tona a discussão sobre os limites entre a saúde — física e psicológica — e a vaidade.

No Brasil, 2º país do mundo em número de cirurgias plásticas (com predomínio das estéticas), a cada um cirurgião plástico, existem outros dois profissionais prestando o delicado serviço cirúrgico sem formação para isso, alerta a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Especialistas alertam para os cuidados que precisam ser tomados nos procedimentos estéticos e alertam: o culto ao corpo perfeito pode se tornar doença.

Veja a matéria completa no portal EXTRA

https://extra.globo.com/noticias/rio/morte-expoe-limite-entre-busca-pelo-corpo-perfeito-a-saude-fisica-mental-22907574.html